ESTAMPAS

Momento de criar…

 


Patchwork, sim!

Quem foi que disse que Patchwork é cafona?

Como tudo na vida tem dois lados, a Squint Limited tá aí pra mostrar que um trabalho primoroso de Patchwork provoca desejo em uma legião de fãs da marca inglesa.

Nosso negócio aqui na Casa Rima não é estofar, mas sim fazer os tecidos mais originais e exclusivos para repaginar os seus estofados. Com a tecnologia digital, montamos estampas diferentes no mesmo tecido formando um “patchwork digital” para estofar o que vc desejar.

Invente seu projeto de estampas e tecidos na Casa Rima.

Aqui, você dá o tom!


Almofadas com tecidos CASA RIMA

Almofadas com estampas criadas pela equipe Casa Rima e Patrick Rigon.


Almofadas com tecidos CASA RIMA

Estas almofadas foram feitas com estampas das coleções de 2011/2012, criadas pelos designers (da esquerda para direita): Daniela Guirra, Equipe Casa Rima,  Renan Santos e Patrick Rigon.


Tecido Casa Rima para Mini Luminárias

Em breve teremos o lançamento das Mini Luminárias fabricadas pela Roche Móveis. Aguardem!


Coleção de estampas 2013

Nossa equipe deseja um 2013 cheio de cor e encanto aos nossos clientes, parceiros, fornecedores e amigos.

Preparamos uma coleção com referências pulsantes do cenário cultural dos anos 60 e 70 no Brasil.

Bem-vindos à Casa Rima 2013.

www.casarima.com.br


Natal e Ano Novo CASA RIMA


Casa Rima e Punto Mobile

 



Projeto Decoració

Estampas criadas pela Casa Rima a partir das obras de Britto Velho.

Veja mais em www.casarima.com.br

 


Projeto Decoració

Estampas criadas pela Casa Rima a partir das obras de Britto Velho.

Veja mais em www.casarima.com.br

 


Projeto Decoració

Estampas criadas pela Casa Rima a partir das obras de Britto Velho.

Veja mais em www.casarima.com.br

 


Projeto Decoració

Estampas criadas pela Casa Rima a partir das obras de Britto Velho.

Veja mais em www.casarima.com.br


Homenagem ao arquiteto Oscar Niemeyer

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta é uma homenagem da Casa Rima ao mestre Oscar Niemeyer:

Assim como os arquitetos, artistas visuais e todos que trabalham com os traços que dão formas reais ou imaginárias às nossas vidas, na criação de estampas nós também vivemos de olhos bem atentos aos traços. Aqui na Casa Rima, nosso objetivo é criar padrões apaixonantes com linhas e formas simples.

Oscar Niemeyer é o projetista da beleza e um grande inspirador para nossa equipe de criação.

Hoje se encerra o ciclo de vida do mestre, que, como poucos, deixou um trabalho memorável na arquitetura do nosso país.

 

 


Projeto Decoració – Britto Velho

A Galeria Mascate abriu ontem, em Porto Alegre, o projeto feito com a obra de Britto Velho.

Ele gosta de filmes de John Wayne e foi lutador de karatê. Em suas obras, constrói corpos incompletos e em constante transformação. Tão surrealistas quanto eróticos, seus desenhos com cores expressivas nos passam uma sensação de continuidade. Britto Velho nasceu em Porto Alegre. Aos 11 anos, mudou-se com a família para Buenos Aires, onde iniciou as artes visuais. Em 1971, fez sua primeira exposição em Porto Alegre, dois anos após expor em São Paulo, Rio de Janeiro e Buenos Aires, e consolidou sua célebre carreira de exposições nas principais galerias nacionais e internacionais. Depois de casado, mudou-se para França, país em que viveu um longo período antes de voltar para Porto Alegre, onde mora atualmente.

A Casa Rima e os criativos da Galeria Mascate apresentam com exclusividade a edição limitada de estampas do consagrado artista Britto Velho. Tiago Coelho e Régis Duarte se juntaram ao designer Paulo Brum da Trama Design para editar uma série de desenhos do artista que estavam guardados a sete chaves. A Mascate apresenta, junto com os originais, uma edição de pôsteres inspirados nos ícones do design construtivista e a Casa Rima oferece uma série de cinco estampas compostas com fragmentos de imagens extraídos das obras originais.

Sejam bem-vindos ao projeto Decoració

www.casarima.com.br/britto.php

 

 


www.casarima.com.br


HOJE na Galeria Mascate – projeto Decoració

A Galeria Mascate apresenta hoje, em Porto Alegre, o projeto “Decoració”. São obras do artista plástico Britto Velho reeditadas em posteres e roupas, mas não parou por aí, a Casa Rima criou as estampas com parte da obra do artista e está disponível em “Projetos Especiais”, no site www.casarima.com.br.

Para quem for jantar no restaurante Hashi Art Cuisine, também verá uma pequena mostra do projeto Decoració.

 


Lançamento da coleção “Chega de Saudade”

www.casarima.com.br


Movimento Tropicalista – inspiração para coleção 2013

 

Tropicália ou Movimento Tropicalista

A coleção chega de saudade teve como inspiração toda efervescência cultural dos anos 60 e 70 no Brasil. A Tropicália foi uma das inspirações fundamentais para desenvolver a nova coleção. Foi um movimento de ruptura que modificou o quadro musical e cultural do Brasil. No campo da musica: Caetano Veloso, Gilberto Gil, Torquato Neto, Os Mutantes, Tom Zé, Gal Gosta, Nara Leão; nas artes: Hélio Oiticica; no cinema: Glauber Rocha e no teatro: José Celso Martinez Corrêa. O Tropicalismo uniu rock, samba, bossa nova, bolero, psicodelia e guitarra elétrica.  Misturou formas populares com atitudes experimentais para o período. Após aproximadamente um ano, o movimento foi reprimido pelo regime militar, começando pela prisão de Caetano Veloso e Gilberto Gil. Todavia, o Brasil já estava tomado pela libertação do movimento e nunca mais seria o mesmo. A mudança não foi apenas em relação à política e a música, mas a moral e ao comportamento. Os ideais tropicalistas modernizaram a cultura nacional.

 


Hélio Oiticica – inspiração para nova coleção

Hélio Oiticica

Outra indispensável fonte de inspiração para desenvolver a nova coleção 2013, foi Hélio Oiticica, artista plástico e performático de grande pertinência. Sua produção ficou conhecida pelo caráter experimental e inovador. Suas obras previam uma interação com o público. Hélio deu origem ao grupo neoconcreto, o qual tinha colegas como: Lygia Clark, Lygia Pape, Amilcar de Castro e Franz Weissmann. O artista criou o Parangolé, uma capa que mostrava sua forma e textura conforme movimentada por quem a vestia. Era considerada uma escultura “viva”, evidenciando que a obra só existe plenamente quando há participação corporal, reunindo todos os sentidos, extinguindo a distância entre obra e espectador, questionando o conceito de arte. Hélio também foi um dos responsáveis por consolidar o movimento tropicalista e também inspirou o nome com sua obra: “penetrável Tropicália”.

 


Glauber Rocha – inspiração para coleção 2013

Glauber Rocha

Esse cineasta brasileiro de grande relevância foi uma das inspirações para criar a nova coleção da Casa Rima – “Chega de Saudade”. Glauber ficou conhecido por atribuir uma nova identidade ao cinema brasileiro, apresentando uma linguagem cinematográfica singular. Era integrante do Cinema Novo, corrente artística nacional iniciada na década de 1960, que era contrária a linguagem do cinema americano. Seu primeiro longa-metragem foi Barravento (1962). Suas obras mostravam sua visão apocalíptica sobre o mundo. Seus filmes de maior destaque foram: “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, “Terra em Transe” e o “O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro”, sendo o segundo e o terceiro vencedores dos prêmios de Crítica e de Direção do Festival de Cannes e do prêmio Luis Buñel na Espanha.


Nova Coleção de Estampas – CASA RIMA 2013


Zuzu Angel – referência da nova coleção Casa Rima

Zuzu Angel

Essa estilista brasileira de grande renome foi uma das referências para desenvolver a nova coleção da Casa Rima – “Chega de Saudade”. Zuzu Angel ficou conhecida por criar roupas com cores e estampas tropicais. Acreditava no valor da identidade brasileira na moda. Entrou na luta contra a ditadura pelo seu filho, Stuart, que fazia parte de organizações contra o regime militar, foi torturado e morto. A partir dessa revolta, Zuzu fez a primeira coleção de moda politica da história. As roupas foram estampadas com pássaros engaiolados, figuras de crucifixos, tanques de guerra, sol atrás das grades, manchas e anjos. Elementos que simbolizava a história do seu filho. Elke Maravilha que era amiga de Zuzu e parceira na luta contra a ditadura, também desfilava para estilista.